Semana 4

Refém ou vítima?

Em nossas discussões sobre o Caso Eloá ficou marcante a necessidade de diferenciar a postura frente duas realidades diversas de vitimização em uma crise com ameaça a vidas de pessoas feitas de escudo: reféns. Quem no caso podem o alvo principal do perpetrador ou o secundário…

Leiam o post explicativo e usem esses conceitos para enriquecer os próximos fóruns:

http://cidadaossp.com/2009/06/23/refem-ou-vitima/

Sequestro do Ônibus 174

Na semana anterior usamos do estudo de caso real para alimentar nossa sala de debates. Vamos continuar usando deste método de fixação de conhecimento. Só que agora queremos partir para uma ação que tem mais tempo e que já teve a oportunidade de ir a tela dos cinemas. E aí será que a tropa de incursão de guerra, a infantaria das milícias urbanas do Brasil: o Bope RJ tinha ou tem hoje preparo para casos como este.

http://cidadaossp.com/2009/06/25/onibus-174/

E gostaria de guardar para mais tarde um questionamento: tropa de choque e grupo de operações especiais, são diferentes em quê?

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.