O NEFASTO LEGADO DA ESCRAVIDÃO, que o Brasil ainda não se livrou

Com a liberação do Atlas da Violência de 2018 [1] e a inequívoca prova estatística da guerra travada (ou seria genocídio) dos homens, negros e

Continue lendo

Anúncios